sábado, novembro 26, 2016

O Festival Comunicantus de coros 2016 será dia 8 de Dezembro. Reservem a data!


Em breve, mais informações sobre os grupos participantes e o programa. Acompanhem!

terça-feira, novembro 15, 2016

A semana pós-feriado começa com mesa-redonda sobre Repertório Coral: manuscritos e edições, seguida de Defesa de Mestrado

A semana é mais curta, mas com atividades concentradas.

A turma de graduação da professora Susana Cecília Igayara-Souza na disciplina Estudos de Repertório Coral recebe uma atividade especial, destinada a integrar as atividades de pesquisa e o ensino de graduação em música.

Com introdução da professora, sobre as partituras corais na história do livro e da edição, haverá duas exposições que falarão do contato com o repertório, com manuscritos e edições. Os três pesquisadores estão ligados à atividade como editores de música e pretendem compartilhar essa experiência com os alunos de graduação.




Dando início a uma série de atividades de conclusão de curso, teremos a defesa de dissertação de Mestrado em Performance (Regência Coral) de André Guimarães Rodrigo, orientado pelo Professor Titular em Regência Coral, Marco Antonio da Silva Ramos.

Por ocasião da defesa, haverá apresentação do Coro de Câmara Comunicantus.

Veja os detalhes na postagem em destaque, na barra lateral direita do blog.

quarta-feira, novembro 09, 2016

Pesquisas em Canto Coral já tem datas marcadas para defesa (graduação, mestrado e doutorado)




Neste final de ano teremos diversos trabalhos de conclusão de curso ligados ao Comunicantus e ao GEPEMAC, em todos os níveis de formação: Graduação, Mestrado e Doutorado. Muitos deles contarão com apresentação dos coros, confiram na agenda abaixo. A entrada é aberta aos interessados e é uma ótima oportunidade de ver os resultados de pesquisas concluídas, além de perceber como tem sido trabalhada a articulação entre prática e teoria na pesquisa em música, especificamente no âmbito coral.


Dia 16/11, às 17h,  Sala 14A

Nome Completo:
André Guimarães Rodrigo

Título do trabalho:
Quatro peças religiosas de Osvaldo Lacerda: uma leitura interpretativa para performance

Nível:
Mestrado

Orientador:
Marco Antonio da Silva Ramos

Banca:
Marco Antonio da Silva Ramos (USP)
Luiz Ricardo Basso Ballestero (USP)
Carlos Fernando Fiorini (UNICAMP)

Outros músicos que irão se apresentar:
Coro de Câmara Comunicantus

Programa:
Osvaldo Lacerda (1927-2011)
Dai-nos forças, Senhor
Pai Nosso
Ave Maria
Poema de Natal

Resumo:

O objetivo do trabalho é oferecer uma leitura interpretativa para performance de quatro obras corais religiosas à capela do compositor brasileiro Osvaldo Lacerda: Pai Nosso (1978), Ave Maria (1979), Poema de Natal (1982) e Dai-nos Forças, Senhor (2000). O primeiro capítulo apresenta análises das quatro obras a partir de sua submissão ao Referencial de Análise de Obras Corais (RAMOS, 2003). O procedimento para utilização do referencial foi responder aos seus itens, escolher as respostas de interesse e redigir o texto dissertativo a partir delas, com o auxílio de textos escritos por Osvaldo Lacerda quando membro da Comissão de Música Sacra do Concílio Vaticano II. Partindo da realização musical desse repertório como regente assistente frente ao Coral da ECA-USP, o autor aborda no segundo capítulo as questões interpretativas de cada peça e as relaciona sob o ponto de vista de sua performance, por meio de um relato de campo que aponta aspectos relevantes do seu processo de preparação e execução. Este trabalho, portanto, fornece uma dentre as várias possibilidades de interpretação e performance desse repertório.





18 de novembro às 15h no Auditório Oliver Toni (CMU)

Nome Completo:
Patricia Gisela Terceros Montaño

Título do trabalho:
Canções bolivianas arranjadas para coro: Características musicais e textuais para a aprendizagem por coros brasileiros

Nivel:
Graduação

Orientadora:
Susana Cecília Igayara-Souza

Banca:
Susana Cecília Igayara-Souza (USP)
 Pedro Paulo Salles (USP)
 Déborah Rossi (FASM)

Outros músicos que irão se apresentar:
Coral da Terceira Idade da USP
Repertório:
Gilberto Rojas - Flor de Santa Cruz
Arranjo: Mario Riveros
Adaptação: Raphael Augusto Pinto
Regência: Patricia Terceros
Piano: Letícia Kriger

Música: José René Moreno - Paica en carnaval 
Letra: Arturo Pinckert
Arranjo: Arturo Molina
Regência: Patricia Terceros
Piano: Letícia Kriger

Resumo:
Este projeto de Trabalho de Conclusão de Curso parte da iniciativa de contribuir com informação previamente escrita para a divulgação e maior conhecimento da realidade da música boliviana. Embora seja um campo muito amplo de pesquisa possuindo muitas variantes dentro dele, o objetivo foi centrado na música folclórica – popular do estado de Santa Cruz. Esta pesquisa se justifica pela necessidade de juntar partituras e informação específica de cada uma delas já que existe uma carência de publicação neste respeito dentro do país e muito mais no âmbito estrangeiro. Para tanto, a metodologia usada previamente, foi um levantamento bibliográfico que inclui livros, dicionários, artigos, publicações e arquivos pessoais. Oferecemos primeiramente um panorama geral da Bolívia e a seguir, informações específicas sobre o estado de Santa Cruz, as suas características em relação às danças, ritmos e manifestações. Logo mais, uma análise textual e musical baseada nas 5 canções escolhidas: Flor de Santa Cruz, Viva Santa Cruz, Tierra como mi tierra, Paica en carnaval e El carretero. Na conclusão, está proposta uma sugestão que poderia formar parte de uma nova pesquisa ou talvez um novo ponto de vista aos próximos trabalhos que possam se desenvolver neste campo de estudo.


25 de novembro de 2016, às 15h no auditório do CMU


Nome completo:
Letícia Skaidrite Kriger

Título do trabalho:
PROCESSOS DE EDUCAÇÃO MUSICAL NO CORAL DA TERCEIRA IDADE DA USP: Um estudo de caso

Nível: 
Graduação

Orientador: 
Profª Drª Susana Igayara-Souza

Banca: 
Profª Drª Susana Igayara-Souza - USP
Profª Drª Adriana Moreira - USP
Profª Drª Jane Borges - UFSCar

Outros músicos que irão se apresentar:
Coral da Terceira Idade da USP

Programa (no caso de ter performance):

Luiz Gonzaga e H. Teixeira - Baião
Arranjo: Alexandre Zilahi
Regência: Letícia Kriger
Piano: Raphael Augusto Pinto

Mozart/ Tradicional brasileira (quodlibet) - Das Klinget so herrlich/ Mulher rendeira
Arranjo: Jean Kleeb
Regência: Letícia Kriger

Piano: Raphael Augusto Pinto

Resumo do trabalho: 

O presente trabalho tem como objetivo discutir os diversos processos de Educação Musical que acontecem no Coral da Terceira Idade da USP, que faz parte do Comunicantus: Laboratório Coral. Por meio de levantamento bibliográfico, análise de fontes documentais e pesquisa de campo, apresenta-se quais são estes processos e como são desenvolvidos. O primeiro capítulo explica a metodologia adotada; o segundo capítulo trata da estrutura do Comunicantus: Laboratório Coral, do qual o Coral da Terceira Idade da USP faz parte; o terceiro capítulo discorre sobre aspectos mais específicos do Coral da Terceira Idade da USP e como os processos de Educação Musical ocorrem durante os ensaios; o quarto capítulo apresenta a análise de processos educativo-musicais presentes durante a preparação de duas obras que foram ensaiadas pelo Coral da Terceira Idade da USP de 2014 a 2016, baseadas nas avaliações de ensaio como fontes documentais.

Palavras-chave: 
Educação musical, Coral da Terceira Idade da USP, Comunicantus: Laboratório Coral, Regência Coral.



25/novembro/2016 - às 17h - Auditório Olivier Toni - CMU/ECA/USP

Nome completo:
Walter Pellici Rodrigues

Título do trabalho:
Processos de desenvolvimento do ouvido harmônico: estratégias pedagógicas, identificação de noções e conceitos necessários

Nível:
Graduação (Licenciatura em Música)

Orientador:
Prof. Dr. Marco Antonio da Silva Ramos

Banca: 
Prof. Dr. Marco Antonio da Silva Ramos (USP)
Prof. Dr. Ronaldo Miranda (USP)
Prof. Dra. Jane Borges (UFSCAR)

Outros músicos que irão se apresentar:
Participação do Coral Escola Comunicantus e equipe de monitores

Programa:
Lindembergue Cardoso - Kyrie - da Missa Nordestina 
Regência: Naara Santana

H. Lima Quintana/Ivan René Cosentino - Juanito Laguna Remonta un barrilete 
Regência: Carolina Andrade

John Rutter - O how amiable are thy dwellings 
Regência: Walter Rodrigues
Piano: Naara Santana

Resumo: 
Este trabalho busca contribuir para o desenvolvimento da escuta harmônica de coralistas ligados a coros amadores, a partir de uma abordagem crítica de aplicação de conceitos, discussão de estratégias de ensino e ensaio, análise de diferentes obras corais e proposição de exercícios. A pesquisa e atuação foram realizadas com o Coral Escola Comunicantus, grupo integrado ao Comunicantus: Laboratório Coral do Departamento de Música da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Nosso método foi baseado na identificação de dificuldades de escuta harmônica gerais e específicas apresentadas no processo de ensaio, e, a partir da discussão de conceitos e análise das obras, foram criados exercícios harmônicos visando atender às necessidades de aprendizagem dos coralistas do coro supracitado, bem como a conscientização dos regentes-educadores sobre a relevância do tema no ambiente coral. Durante o processo investigativo utilizamos como método referencial de análise, dos conteúdos musicais e atitudinais perante o coro, os trabalhos do Prof. Dr. Marco Antonio da Silva Ramos, do Prof. Paulo Rubens Moraes Costa e do Prof. Carlos Alberto Figueiredo. Como base pedagógica, discutimos sob o prisma da escuta coral, o método de Edgar Willems e sua proposta de divisão da escuta em três modos. Como resultado desse processo, pudemos desenvolver algumas atividades que contribuíram para solução de certas necessidades de aprendizagem momentâneas desse grupo.

Palavras-chave: 
Ouvido harmônico. Escuta coral. Canto coral e Educação musical. Inteligência auditiva. Exercícios harmônicos. Estratégias de ensaio. Percepção musical. 



6 de Dezembro (terça-feira), 14:00 hs no auditório Paulo Emílio Salles Gomes. (Prédio central da ECA)

Nome completo:
Carlos Roberto Ferreira de Menezes Júnior

Título do Trabalho:
Os elementos composicionais do Clube da Esquina como alimentadores de processos criativos de arranjos vocais de canções populares brasileiras

Nível:
Doutorado

Orientador:
Dr. Marco Antônio da Silva Ramos

Banca de defesa:
Dr. Marco Antônio da Silva Ramos (USP)
Dr. Hermilson Garcia do Nascimento (UNICAMP)
Dr. Ivan Vilela Pinto (USP)
Dra. Marisa Trench de Oliveira Fonterrada (UNESP)
Dr. Ronaldo Coutinho de Miranda (USP)

Outros músicos que irão se apresentar:
Participação do CORO DE CÂMARA COMUNICANTUS que vai executar três arranjos da tese, são eles:
Repertório:
- Pôr do Sol (Eduardo Gudin e Marco Ramos, arranjo: Carlos Menezes Jr.)
- Pai Tietê (Eduardo Gudin e Marco Ramos, arranjo: Carlos Menezes Jr.)
- Milagre dos Peixes (Milton Nascimento e Fernando Brant, arranjo: Carlos Menezes Jr.)


Resumo:

Este trabalho propõe-se a criar um conjunto de procedimentos de estruturação de arranjos vocais próprio a partir da análise dos elementos composicionais presentes nas músicas produzidas pelo agrupamento de músicos conhecidos pelo termo Clube da Esquina. Visa explorar a ideia de que a análise estilística também pode inserir-se como recurso relevante dentro da dinâmica de apreensão e experimentação dos parâmetros de estruturação musical inerentes ao processo de criação de arranjos para grupos vocais. Busca extrair, a partir de uma experiência de imersão em um determinado repertório, no caso, do Clube da Esquina, recursos que, após analisados, teorizados e interiorizados, retornam ressignificados e recontextualizados, expandindo o âmbito do processo de expressão artística e de constituição da própria identidade poética do arranjador. Em suma, a pergunta central é: Como os elementos composicionais presentes nas obras do conjunto de músicos conhecidos como Clube da Esquina podem contribuir, enquanto recursos de estruturação musical, na elaboração de arranjos vocais de música popular urbana? Balizado pelo referencial Silva Ramos (2003), foram elencados 22 elementos composicionais a partir do processo de escuta analítica de 22 discos lançados pelo Clube da Esquina entre os anos de 1967 a 1979. Esses elementos foram esmiuçados teoricamente e trabalhados no processo de criação de arranjos vocais de oito canção populares brasileiras, duas internas ao repertório do Clube da Esquina e seis de compositores e períodos diversos. Os detalhamentos de como os elementos composicionais do Clube da Esquina concatenam-se com as experimentações quanto ao tratamento harmônico, das interações rítmicas, textural, timbrístico e formal nos arranjos estão explicitados na última parte do trabalho. Questões teóricas e conceituais que envolvem a prática do arranjo vocal na música popular, tais como o próprio conceito de arranjo, conceito de obra e técnicas comumente utilizadas no processo de escrita de arranjos vocais na atualidade são tratadas inicialmente, assim como a contextualização histórica do Clube da Esquina e uma breve revisão dos referenciais teórico-metodológicos. Como conclusão, apresentamos, em forma de diagrama, como os elementos composicionais do Clube da Esquina, em conjunto com as principais técnicas de escrita de arranjos vocais, conectam-se com as experimentações inerentes ao próprio processo de criação de tais arranjos.





Dia 7 de dezembro ás 17h na Sala 14 - CMU

Nome:
Raphael Augusto Pinto

Título:
A composição vocal a partir da análise técnica e do repertório de canções brasileiras (Cláudio Santoro, Ronaldo Miranda e Edmundo Villani-Côrtes)

Nível:
Graduação

Orientadora:
Susana Cecília Igayara-Souza

Banca:
Susana Cecília Igayara-Souza (USP)
Ronaldo Miranda (USP)
Francisco Campos (USP)

Repertório (composições):

Solidão 
Tenor: Raphael Augusto / Piano: Daniel Toledo
Meus Olhos Teus
Soprano: Anne Karoline / Contralto: Jacqueline Domingos
Tenor: Raphael Augusto / Baixo: Walter Rodrigues
Piano: Daniel Toledo

Pai Nosso
Coral Universitário Comunicantus (USP)
Solo: Raphael Augusto
Piano: Daniel Toledo
Câncer 
Soprano: Anne Karoline
Tenor: Raphael Augusto
Piano: à definir

Resumo: 

Este trabalho tem como foco discutir a técnica vocal na composição de obras de câmara (voz e piano) e corais através da análise do repertório brasileiro dos compositores Cláudio Santoro, Ronaldo Miranda e Edmundo Villani-Côrtes. Com base na ciência vocal trazida nos livro The Structure of Singing de Richard Miller (1986) e Ciência da Voz de Johan Sundberg com tradução de Gláucia Laís Salomão, e do conhecimento transmitido em aula pelo professor de canto e arte lírica e cantor Francisco Campos, iremos discutir aspectos da arquitetura vocal como registros, ressonância, tessitura, perfis vocais, regiões de passagem, e suas influências positivas e negativas na performance, buscando compreender vocalmente e traçar estratégias para a otimização da mesma. Iremos abordar também a relação do texto com a música e como equilibrar a valorização de ambos ao cantar, visando o melhor e mais confortável som vocal e a melhor fluência, naturalidade e inteligibilidade do texto poético.