sexta-feira, novembro 19, 2010

Especial Encontro de Corais Comunicantus 2010

Alberto Cunha





É pós-graduado em Música pela Escola de Comunicações e Artes da USP, com mestrado na área de Canto Coral. É também bacharel em Física pelo Instituto de Física da USP, tendo realizado diversos projetos na área de Acústica Musical. Desde 1986 é regente do CoralUSP, onde ingressou como cantor em 1980.

Estudou harmonia com Elizabeth Rangel, contraponto e orquestração com Damiano Cozzella e regência com Benito Juarez. Participou do curso de Regência Orquestral do 2º Manfredonia Festival Arte (Itália), e do Curso Internacional de Interpretação de Música Antiga de Cambridge (Inglaterra).

Desempenha intensa atividade como compositor e arranjador. Seus mais de cem arranjos corais, principalmente de música popular brasileira, são cantados por coros de todo o Brasil.

Como regente, à frente do CoralUSP, do Madrigal Levare, do Instituto Teuto e do Coral Paulistano, realizou importantes obras do repertório coral, como a Missa K.139, de Mozart, a "Paukenmesse", de Haydn, o "Te Deum", de Charpentier, “As Sete Palavras de Cristo”, de César Franck, e "O rei Arthur" e “Dido e Enéas” de Purcell. Na área de música popular, dirigiu os projetos “Paulistano canta Beatles" e "Paulistano canta Queen", com ampla aprovação do público e da crítica. Com o CoralUSP, realizou ainda diversas primeiras audições em São Paulo, como o "Pai Nosso", de Janatchek, "Unum Deum", de Charles Camileri, e o " Réquiem", de Joseph Rheinberger.

Entre 2003 e 2007, foi assistente técnico-artístico do Coral Paulistano, do Teatro Municipal de São Paulo.

Desde 2010, é Diretor Artístico do CoralUSP, onde rege dois grupos corais.