terça-feira, janeiro 05, 2016

GILBERTO MENDES (1922-2016): A HOMENAGEM DO COMUNICANTUS

Para nós do Comunicantus: laboratório coral,  Gilberto Mendes foi muito mais do que um dos mais importantes e influentes compositores contemporâneos, criador do Festival Música Nova e autor de importantes obras musicais, entre elas as obras corais Beba Coca Cola, Asthmatour, Vai e Vem, Vila Socó, meu Amor, Cântico de Verônica, I Trova, XV Trova, Uma vez uma vala,  Poema sobre um quadro de Orlando Marcucci, Com Som, sem Som.

Gilberto Mendes foi extremamente próximo do ambiente coral, em inúmeras entrevistas e textos fez questão de salientar sua participação como coralista e os laços com o regente Klaus-Dieter Wolff, quando ambos atuavam como professores na USP.

Os dois coordenadores do Comunicantus foram alunos de Gilberto Mendes, em momentos diferentes de sua trajetória como professor de Composição no Departamento de Música na ECA-USP.

Marco Antonio da Silva Ramos foi aluno da primeira turma de Composição do CMU e viu surgir muitas de suas obras.  Cantou algumas delas sob regência de Klaus-Dieter Wolff e apresentou  muitas outras como regente no Brasil e no exterior. “Uma vez uma vala” é dedicada a ele e foi apresentada no “Festival of Brazilian Music” realizado na Universidade de Indiana (Bloomington, USA), em convênio com a USP .  Gilberto Mendes fez parte da banca de Doutorado de sua tese “Três discursos sobre Composição Musical: Missa Guaimi”.

Susana Cecilia Igayara, também graduada em Composição, inclui obras de Gilberto Mendes todos os anos em seu curso de Repertório Coral Brasileiro, tendo em sua bagagem muitas apresentação corais em que cantou e ouviu os comentários do compositor. Incluiu obras de Gilberto Mendes nas palestras que realizou sobre Repertório Coral Brasileiro na Argentina, Estados Unidos, Espanha e Inglaterra.

Os dois professores tem incentivado também a nova geração a estudar e divulgar a obra de Gilberto Mendes. A partitura gráfica de Asthmatour, por exemplo, foi objeto de disssertação de mestrado de Adriana Francato, orientada pelo professor Marco Antonio da Silva Ramos. Recentemente, a hoje mestranda Denise Castilho, orientada pela professora Susana Cecilia Igayara, apresentou trabalhos sobre Gilberto Mendes no congresso do ISME (International Society for Music Educational) e no II Festival de Música Contemporânea Brasileira, realizado em Campinas em março de 2015, com a presença do compositor.

O Coro de Câmara Comunicantus está ensaiando “Poema sobre um quadro de Orlando Marcucci”, para um programa de obras corais do século XX, e o Coral da ECA-USP apresentou Asthamtour, para coro e percussão, em diversos concertos no ano de 2012. (veja aqui)


Continuaremos a cantar e estudar a obra coral de Gilberto Mendes, infelizmente agora sem poder dar um telefonema para trocar ideias.