quarta-feira, junho 15, 2016

ÚLTIMAS ATIVIDADES ARTÍSTICAS E DE PESQUISA DO SEMESTRE (14 A 22) NO COMUNICANTUS E GEPEMAC

O primeiro semestre de 2016 do Comunicantus: Laboratório Coral está quase no fim, porém ainda está com diversas atividades em andamento. No dia 14/06 o Coro de Câmara Comunicantus apresentou-se no 11º Festival CORALUSP, envolvendo a grande plateia do dia em dois ambientes: o Auditório do CDI e seu saguão.


Confira nos links abaixo os vídeos da apresentação de 14/06: 





Além disso, está em curso o Seminário de Pesquisas em Andamento do GEPEMAC (Grupo de Estudos e Pesquisas Multidisciplinares nas Artes do Canto). O evento, que se iniciou na tarde desta quarta-feira - 15/06 - no departamento de Música da ECA-USP, contou com o seminário  "O princípio entoativo em obras corais (a partir do referencial teórico de Luiz Tatit)" feito pela mestranda Carolina Andrade Oliveira, orientada por Susana Cecilia Igayara. 


 

Carolina Andrade Oliveria e Susana Cecilia Igayara. 


No dia 22 de junho (quarta-feira) a mestranda Denise Castilho (foto) apresentará de manhã e à tarde dois seminários ligados à sua pesquisa, orientada pela professora Susana Cecília Igayara. Das 10h00 às 11h45 será apresentado o seminário  "Sonoridade coral brasileira do século XX: movimentos de vanguarda" e das 15h00 às 16h45 o seminário  "O repertório coral com notação não tradicional: experimentação vocal". Ambos acontecerão na sala 14A do CMU. 

A mestranda Denise Castilho, que será a expositora no Seminário de Pesquisas em Andamento do GEPEMAC (22/06/16)






















Vale lembrar que o seminário da manhã contará como atividade especial para os alunos de História do Repertório Coral e o da tarde como atividade especial para os alunos da disciplina Repertório Coral Brasileiro.


No dia 21/06, a professora e pesquisadora Susana Cecilia Igayara apresentará trabalho no XI Congresso Luso-Brasileiro de História da Educação (COLUBHE), que será realizado na Universidade do Porto (Portugal). O trabalho a ser apresentado em coautoria com a pesquisadora portuguesa Ana Luísa Paz intitula-se "A ideia de missão nas narrativas (auto)biográficas de músicos-educadores: os casos de Villa-Lobos e Lopes Graça", e inscreve-se no quadro de uma investigação em curso sobre músicos e educadores que atuaram nos dois países, na perspectiva da História da educação musical e do ensino artístico.