quarta-feira, novembro 28, 2012

Festival Coral 2012 - St. Paul’s Choir


Saint Paul's School
A Saint Paul's School, Escola Britânica em São Paulo, tem um novo diretor de música, o maestro Lee Ward, que este ano passou a residir em São Paulo. Entre suas atividades anteriores na Inglaterra, Lee Ward foi o diretor musical da London Oratory School, em Londres, além da extensa atividade como regente e organista.Neste segundo semestre, o maestro visitou o Comunicantus e confirmou-se o interesse das duas instituições por uma continuidade dessa colaboração musical, que já havia iniciado em 2011 com o professor de Música da Saint Paul’s School, Leonardo Fernandes. Ex-aluno do Departamento de Música da ECA-USP, no ano passado o organista Leonardo Fernandes acompanhou o Coral da ECA-USP na Missa Choralis de Liszt.



Edward Elgar
Na escola, o Maestro Lee Ward rege O St. Paul’s Choir, que se apresentará no Festival Coral 2012. O coro incluirá alunos do Ensino Fundamental e do Ensino Médio, combinados pela primeira vez. Os dois corais têm ensaiado tanto separados quanto juntos toda semana, e às vezes esses coros também se juntam aos adultos (pais e funcionários) para outros eventos como parte das atividades da “St. Paul’s Choral Society” (A sociedade Coral da St. Paul’s).

O Coral da Saint Paul’s School traz em seu repertório canções natalinas, além do Ave Verum, de Elgar. O Maestro Lee Ward explica que seu principal objetivo, neste momento, é “trabalhar a sonoridade coral inglesa”.

segunda-feira, novembro 26, 2012

Festival Coral - Coral da Terceira Idade da USP

Coral da Terceira Idade da USP
O Coral da Terceira Idade da USP, assim como o Coral Escola, é um coro comunitário do Comunicantus. Formado em 1997 com poucos integrantes, passou a fazer parte do laboratório a partir de 2001, e hoje tem 60 coralistas.




Uma característica bastante peculiar do Coral da Terceira Idade é que a maioria dos integrantes já faz parte do grupo há vários anos, tornando o trabalho bastante contínuo – mesmo com a equipe de monitores se renovando frequentemente.

O coro é bastante conhecido por cantar os mais   variados arranjos de música brasileira, “Tiro ao     Álvaro” e “Trem das onze” (o vídeo mostra o Coral da Terceira Idade da USP interpretando "Trem das onze" - música de Adoniran Barbosa, arranjo de Carolina Andrade e regência de Leonardo Anunciação) são dois exemplos de canções que fizeram parte do repertório nos anos anteriores. No ano passado, essa tradição foi deixada um pouco de lado, e o coral apresentou coros das óperas “Orfeu e Euridice” de Gluck e de “As bodas de Fígaro” de Mozart.




Em 2012, o repertório foi um pouco mais longe. O coral enfrentou o desafio de cantar nos mais diversos idiomas. Cada um dos arranjos apresentados no Festival Coral 2012 é cantado em um idioma diferente – inglês, alemão, francês, italiano e português, o que exigiu um intenso trabalho  de dicção e preparação vocal, a cargo de Caiti Hauck da Silva, que este ano defendeu sua dissertação de Mestrado, uma pesquisa-ação voltada às práticas em técnica vocal no Comunicantus.

No dia 2 de dezembro, O Coral da Terceira Idade da USP abre o evento com esse programa baseado na diversidade linguística. A primeira peça é o Spiritual afroamericano “He’s the Lily of the valley”, que conta com um solo do tenor Raphael A. Pinto. Em seguida, o coral canta “Erlaube mir”, arranjo de Brahms para uma canção tradicional alemã. 

Coro de Câmara - formado pelos monitores do laboratório
Na peça seguinte– um arranjo de “Ô Nuit” do compositor francês Rameau – um coro de câmara formado pelos próprios monitores do laboratório canta uma das seções da peça, criando um contraste bem interessante. Representando as canções italianas temos “Serenata Rimpianto”, arranjada para coro misto por Samuel Kerr. E representando o repertório de música brasileira sempre presente na atividade desse coral, o grupo encerra sua participação com um arranjo de “Pastorinhas”, do mestrando Fred Teixeira.

quarta-feira, novembro 21, 2012

Festival Coral 2012: Coral Escola


Coral Escola  - "Arranjos em concertos" 29/06/2012
O Coral Escola Comunicantus é um dos coros comunitários do Laboratório Coral do Departamento de Música da ECA-USP. Foi criado em 2001 com o intuito de ser um espaço educativo e de vivência musical prática, tanto para os coralistas - que são alunos de música, funcionários e alunos dos outros cursos com e sem conhecimento musical, além da comunidade externa à USP - quanto para a equipe de estagiários.

O trabalho é realizado por essa equipe, fundamentalmente formada por estudantes de graduação e de pós-graduação sob a orientação e supervisão dos professores Marco Antonio da Silva Ramos e Susana Cecília Igayara. Dentro do Coral, os alunos se alternam em funções musicais (regência, escolha de repertório, preparação vocal, composição e arranjo, canto e instrumentos, de acordo com suas habilidades e interesses específicos) e também nas funções estruturais (produção, planejamento e avaliação de atividades, organização de eventos). Cada ano o Coral Escola busca um tema para seu repertório. No ano passado

Rita Lee, Arnaldo Baptista e Sérgio Dias
(Os Mutantes)
o grupo tinha como tema canções de amor e neste ano, o Coral Escola apresenta um repertório de arranjos de canções brasileiras bem variadas que foram, em sua maioria, escritos pelos próprios alunos da equipe de trabalho do Laboratório. Sarah Alencar, atualmente em intercâmbio na Universidade de Surrey, arranjou para coro e piano Portugal de Navio, de Arnaldo Baptista, Rita Lee e Sérgio Dias. O Mestrando Fred Teixeira apresenta em primeira audição seu arranjo de Lamento, de Pixinguinha, para coro masculino e quarteto de violões.


Comemorando o centenário do compositor Luiz Gonzaga, Carolina Andrade e Iury Cardoso arranjaram o Baião de Dois. O arranjo procura explorar vocalmente as características rítmicas do baião e, ao mesmo tempo usa a textura coral para tratar o texto com bom humor. Além dessas obras, o repertório ainda conta com dois arranjos do Samuel Kerr; a música Tem Gato na Tuba, de João de Barro e Alberto Ribeiro, e Cunhataiporã de Geraldo Espíndola. O arranjo do Cunhataiporã conta com uma ambientação sonora do Pantanal feita pelo Coro que vale muito a pena conferir.

Confira outras músicas do Rei do Baião:
Asa Branca
Assum Preto

quarta-feira, novembro 07, 2012

O Canto Coral une o Comunicantus ECA-USP e a Escola Britânica em São Paulo em projeto de colaboração artística e educativa.


Um Festival de Coros no dia 02 de dezembro, às 16h00, é o mais recente projeto colaborativo estabelecido pelo Comunicantus: Laboratório Coral do Departamento de Música da ECA-USP. O Festival, que será realizado no Auditório da Saint Paul’s School, unirá coralistas de distintas faixas etárias: as crianças e jovens do Saint Paul’s Choir, os universitários do Coral da ECA-USP e os cantores do Coral da Terceira Idade da USP são alguns dos exemplos.  

O Comunicantus é um laboratório didático coordenado pelos professores Marco Antonio da Silva Ramos e Susana Cecília Igayara, voltado para as atividades da graduação em música e para projetos de extensão. Com atividades abertas à comunidade, o Comunicantus mantém diversos coros e é um espaço de formação de jovens regentes, coralistas, professores e pesquisadores. Os corais do Comunicantus também são espaços de performance para instrumentistas e cantores solistas. “Neste ano, as participações instrumentais incluem uma banda de rock, um quarteto de violões e conjunto de percussão brasileira, além do piano, frequentemente presente”, explica a professora de repertório Susana Igayara (ver o Programa completo).

A Escola Britânica em São Paulo tem um novo diretor de música, o maestro Lee Ward, que este ano passou a residir em São Paulo. Entre suas atividades anteriores na Inglaterra, Lee Ward foi o diretor musical da London Oratory School, em Londres, além da extensa atividade como regente e organista. Neste segundo semestre, o maestro visitou o Comunicantus e confirmou-se o interesse das duas instituições por uma continuidade dessa colaboração musical, que já havia iniciado em 2011 com o professor de Música da Saint Paul’s School, Leonardo Fernandes. Ex-aluno do Departamento de Música da ECA-USP, no ano passado o organista Leonardo John acompanhou o Coral da ECA-USP na Missa Choralis de Liszt. O Festival de Coros 2012 conta com o apoio da Roland do Brasil, representante dos órgãos Rodgers. Entre as apresentações dos coros, o organista Lee Ward tocará pequenas peças solistas.

PROGRAMA DO FESTIVAL 2012

O Coral da Terceira Idade da USP abre a programação com um programa baseado na diversidade linguística. Cada uma das canções é cantada em um idioma diferente, o que exigiu um intenso trabalho de dicção e preparação vocal, a cargo de Caiti Hauck da Silva, que este ano defendeu sua dissertação de Mestrado, uma pesquisa-ação voltada às práticas em técnica vocal no Comunicantus.

Luiz Gonzaga
O programa do Coral-Escola Comunicantus concentra-se na diversidade da música popular brasileira arranjada para coro a quatro vozes. Alguns dos arranjadores são estudantes de música da graduação e da pós-graduação e a experimentação das soluções imaginadas por eles são orientadas pelos professores do Comunicantus. Carolina Andrade e Iury Cardoso arranjaram o Baião de Dois de Luiz Gonzaga, comemorando o centenário do compositor e Sarah Alencar, atualmente em intercâmbio na Universidade de Surrey, arranjou para coro e piano Portugal de Navio, de Arnaldo Baptista, Rita Lee e Sérgio Dias.  O Mestrando Fred Teixeira apresenta em primeira audição seu arranjo de Lamento, de Pixinguinha, para coro masculino e quarteto de violões.

Leonardo Fernandes
(Pianista, Organista e Professor da Saint Paul's School)
O Coral da Saint Paul’s School traz em seu repertório canções natalinas, além do Ave Verum de Elgar. O Maestro Lee Ward explica que seu principal objetivo, neste momento, é “trabalhar a sonoridade coral inglesa”. O coro que se apresenta faz parte da Saint Paul’s Choral Society, pois a escola mantém diversos grupos de alunos e também inclui a participação dos pais e da comunidade da escola.



Heitor Villa-Lobos



O Coral Universitário Comunicantus é formado por todos os alunos estagiários nas práticas corais. O destaque de seu repertório é a apresentação de Praesepe, música de Heitor Villa-Lobos composta a partir de um poema de José de Anchieta, para mezzo-soprano (Ana Elisa Portes Lima) e coro.




Henrique Oswald
O Coral da ECA-USP, dirigido por Marco Antonio da Silva Ramos, apresenta música brasileira e britânica. Entre os brasileiros, um Pater Noster de Henrique Oswald, tema da dissertação de mestrado da professora Susana Igayara, e Asthmatour, do professor aposentado de composição, Gilberto Mendes. A bem-humorada obra para coro e percussão, escrita em 1971, utiliza elementos do teatro musical. Encerrando o programa está a Bohemian Rhapsody, com acompanhamento de Victor Cavalcante (guitarra), Stenio Biazon (baixo), Walter Rodrigues (piano) e André Mourão (bateria).


terça-feira, novembro 06, 2012

Festival de Coros 2012

Já está confirmada a data de 2 de dezembro, às 16h00. O Festival Coral deste ano será no Auditório da Escola Britânica em São Paulo.

Em breve, mais informações.