quinta-feira, janeiro 21, 2016

CORAL DA TERCEIRA IDADE E CORAL ESCOLA COMUNICANTUS ABREM VAGAS EM FEVEREIRO

Os corais comunitários do Comunicantus retomarão suas atividades a partir de 26 de fevereiro. Os interessados devem comparecer nos dias indicados abaixo. O Coral da Terceira Idade da USP é aberto a maiores de 60 anos. O Coral Escola Comunicantus é um coro adulto, sem definição de faixa etária. Os programas de 2016 incluem música brasileira e internacional.


                                                                
                   

Inscrições: dia 26/02, 14h. Neste dia ouviremos todos os candidatos interessados em participar do Coral da Terceira Idade da USP. Pedimos que cheguem às 14h para preenchimento de ficha de inscrição e tenham disponibilidade durante a tarde, já que fazemos uma explicação do projeto em grupo e realizamos entrevistas individuais para conhecer cada um dos candidatos. Com esse processo, é possível que tenha algum tempo de espera.

Ensaios: sextas-feiras das 14h00 às 16h00 - departamento de Música da ECA/USP.



                                                                    


Inscrições: agendamento via telefone (3091-4005) a partir de fevereiro  e seleções nos dias 26/02 e 04/03 às 18h00. Contato: comunicantus.secretaria@gmail.com. A seleção de coralistas para o Coral Escola Comunicantus acontece em duas etapas. Primeiramente, ouvimos individualmente e conversamos com cada um dos candidatos. Depois de feita sua classificação vocal, o candidato é convidado a participar de alguns ensaios até a definição de quantos candidatos poderão integrar o grupo. Por essa razão, pedimos que venham preparados para ficar até o final do ensaio, já que a seleção acontece em uma dinâmica coletiva, com os interessados participando junto com os coralistas que já fazem parte do grupo.

Início: dia 26/02 (sexta-feira) às 18h00.
Ensaios: sextas-feiras das 18h30 às 20h40. 


Sejam todos bem-vindos!
Estaremos em recesso em janeiro, mas as dúvidas poderão ser resolvidas por email.




terça-feira, janeiro 05, 2016

GILBERTO MENDES (1922-2016): A HOMENAGEM DO COMUNICANTUS

Para nós do Comunicantus: laboratório coral,  Gilberto Mendes foi muito mais do que um dos mais importantes e influentes compositores contemporâneos, criador do Festival Música Nova e autor de importantes obras musicais, entre elas as obras corais Beba Coca Cola, Asthmatour, Vai e Vem, Vila Socó, meu Amor, Cântico de Verônica, I Trova, XV Trova, Uma vez uma vala,  Poema sobre um quadro de Orlando Marcucci, Com Som, sem Som.

Gilberto Mendes foi extremamente próximo do ambiente coral, em inúmeras entrevistas e textos fez questão de salientar sua participação como coralista e os laços com o regente Klaus-Dieter Wolff, quando ambos atuavam como professores na USP.

Os dois coordenadores do Comunicantus foram alunos de Gilberto Mendes, em momentos diferentes de sua trajetória como professor de Composição no Departamento de Música na ECA-USP.

Marco Antonio da Silva Ramos foi aluno da primeira turma de Composição do CMU e viu surgir muitas de suas obras.  Cantou algumas delas sob regência de Klaus-Dieter Wolff e apresentou  muitas outras como regente no Brasil e no exterior. “Uma vez uma vala” é dedicada a ele e foi apresentada no “Festival of Brazilian Music” realizado na Universidade de Indiana (Bloomington, USA), em convênio com a USP .  Gilberto Mendes fez parte da banca de Doutorado de sua tese “Três discursos sobre Composição Musical: Missa Guaimi”.

Susana Cecilia Igayara, também graduada em Composição, inclui obras de Gilberto Mendes todos os anos em seu curso de Repertório Coral Brasileiro, tendo em sua bagagem muitas apresentação corais em que cantou e ouviu os comentários do compositor. Incluiu obras de Gilberto Mendes nas palestras que realizou sobre Repertório Coral Brasileiro na Argentina, Estados Unidos, Espanha e Inglaterra.

Os dois professores tem incentivado também a nova geração a estudar e divulgar a obra de Gilberto Mendes. A partitura gráfica de Asthmatour, por exemplo, foi objeto de disssertação de mestrado de Adriana Francato, orientada pelo professor Marco Antonio da Silva Ramos. Recentemente, a hoje mestranda Denise Castilho, orientada pela professora Susana Cecilia Igayara, apresentou trabalhos sobre Gilberto Mendes no congresso do ISME (International Society for Music Educational) e no II Festival de Música Contemporânea Brasileira, realizado em Campinas em março de 2015, com a presença do compositor.

O Coro de Câmara Comunicantus está ensaiando “Poema sobre um quadro de Orlando Marcucci”, para um programa de obras corais do século XX, e o Coral da ECA-USP apresentou Asthamtour, para coro e percussão, em diversos concertos no ano de 2012. (veja aqui)


Continuaremos a cantar e estudar a obra coral de Gilberto Mendes, infelizmente agora sem poder dar um telefonema para trocar ideias.